Venerável Antonieta Farani

Sua família sofreu traição de parentes, e ela, pela força da Eucaristia, dada a nós “pelo perdão dos pecados”, torna-se verdadeira apóstola do perdão! Conheça sua biografia!


Cadastre-se e receba nosso informativo:
E-mail: Cadastrar | Remover
Canais
Principal
COMECE AQUI !
Patrocinadores
Santos
ELENCO GERAL
Beato Inácio e Com.
São Roque e Com.
São José de Anchieta
Santa Paulina
Santo Antônio Galvão
Santos Mártires RN
Beato Eustáquio
Beato Mariano
Beata Albertina
Beatos Manuel e Adílio
Beata Lindalva
Beata Bárbara Maix
Beata Dulce
Beata Nhá Chica
Beata Assunta Marchetti
Beato Pe. Victor
Beato João Schiavo
Ven. Teodora Voiron
Ven. Antonieta Farani
Ven. Rodolfo Komorek
Ven. Attilio Giordani
Ven. Ir. Serafina
Ven. Me. Ma. Teresa
Ven. Dom Viçoso
Ven. Marcello Candia
Ven. Pelágio Sauter
Ven. José Marchetti
Ven. Daniel de Samarate
Ven. Pe. Donizetti
Outras Biografias
Temas
Papa Bento XVI
Santos do Brasil
Processos de Canonização
Beatificação e Canonização
Comunhão dos Santos
 
E-mail:
Senha:
 
» Santos do Brasil » Beatos Mártires RN » Homilia do Papa
 
06/11/2003 - 10:04 - Homilia do Papa

HISTÓRIA DO MARTÍRIO 
BIBLIOGRAFIA  E  LINKS  
HOMILIA DO PAPA 
INFORMAÇÕES
BIOGRAFIAS


Com a conclusão dos estudos sobre o martírio na Congregação
para as Causas dos Santos, da Santa Sé, o Papa emitiu o Decreto sobre o Martírio em 21 de dezembro de 1998. Os nossos queridos mártires podiam assim ser beatificados, o que aconteceu por ocasião do Jubileu do ano 2000.
Em Roma, na homilia da missa de beatificação, em 5 de março
de 2000, disse o papa João Paulo II:

"São estes os sentimentos que invadem o nosso coração, ao
evocarmos a significativa lembrança da celebração dos 500
Anos da Evangelização do Brasil, que acontece neste ano.
Naquele imenso País, não foram poucas as dificuldades de
implantação do Evangelho. A presença da Igreja foi-se
afirmando lentamente, mediante a obra missionária de várias
Ordens e Congregações religiosas e de Sacerdotes do clero
diocesano. Os mártires que hoje são beatificados saíram, no
fim do século XVII, das comunidades de Cunhaú e Uruaçu, no
Rio Grande do Norte. André de Soveral, Ambrósio Francisco
Ferro, Presbíteros, e 28 Companheiros leigos pertencem a essa
geração de mártires que regou o solo pátrio, tornando-o
fértil para a geração dos novos cristãos. Eles são as
primícias do trabalho missionário, os Protomártires do
Brasil. A um deles, Mateus Moreira, estando ainda vivo, foi-
lhe arrancado o coração pelas costas, mas ele ainda teve
forças para proclamar a sua fé na Eucaristia,
dizendo: "Louvado seja o Santíssimo Sacramento".
Hoje, uma vez mais, ressoam aquelas palavras de Cristo,
evocadas no Evangelho: "Não temais aqueles que matam o corpo,
mas não podem matar a alma" (Mt 10, 28). O sangue de
católicos indefesos, muitos deles anônimas crianças, velhos e
famílias inteiras servirá de estímulo para fortalecer a fé
das novas gerações de brasileiros, lembrando sobretudo o
valor da família como autêntica e insubstituível formadora da
fé e geradora de valores morais."
Queira Deus muito em breve sejam canonizados, e toda a Igreja
universal gozará de sua veneração!
fonte: No site da Santa Sé:
http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/homilies/2000/d
ocuments/hf_jp-ii_hom_20000305_beatifications_po.html







Inserida por: Administrador fonte:  Santos do Brasil
   
envie para um amigo
voltar  

 



 
 
 
Elaboramos esse site
com o objetivo de divulgar nossos santos.
 
 

Hospedagem e
Desenvolvimento